+MISTURADO

+Misturado Disco vencedor do Grammy Latino 2017
Melhor Disco de Samba/Pagode
FACEBOOK
INSTAGRAM
TWITTER
DEEZER
ITUNES
SPOTIFY
BANDSINTOWN
© 2018 Mart'nália.
Todos os direitos reservados.
Design by graphiarium
+Misturado | Foto: Marta Azevedo

+MISTURADO

2017

Sobre o Álbum

Vencedor do Grammy Latino de Melhor Álbum de Samba/Pagode em 2017, traz 8 canções inéditas e 7 regravações. Mart’nália regrava grandes clássicos da MPB como Estrela (Gilberto Gil), Tempo de Estio (Caetano Veloso), Linha do Equador (Djavan/Caetano) e o medley Ela Disse-me Assim/Loucura (Lupicínio Rodrigues). Além da participação de Martinho da Vila, em Ninguém Conhece Ninguém, o álbum traz outros dois duetos inéditos, um com Geraldo Azevedo e outro com o cantor e compositor congolês Lokua Kanza.

O repertório inédito reúne a parceria de Mart’nália com Mombaça, Zélia Duncan, Teresa Cristina, Mosquito, Arthur Maia, Ronaldo Barcellos, Tom Karabachian, Cris Sauma, André da Mata, Zé Katimba, Rodrigo Lampreia, Beto Landau, Maurício Pessoa e Zé Ricardo.

Os arranjos e produções musicais ficam por conta de Arthur Maia, Claudio Jorge, Dadi, Ivan Machado e Zé Ricardo, reforçando a sonoridade múltipla do novo álbum de Mart’nália.

Direção geral:Marcia Alvarez e Mart’nália

 

Ficha Técnica

Arranjos e Produções musicais: Arthur Maia, Claudio Jorge, Dadi, Ivan Machado e Zé Ricardo.
Produção executiva: Marcia Alvarez
Assistente de produção musical: Marcia Alvarez
Gravado no estúdio Biscoito Fino de agosto a outubro de 2016
Tecnico de gravação: João Thiré
Assistente de gravação: Jeronimo Orselli
Mixado na Biscoito Fino por João Thiré

Masterizado no estúdio Batmastersom por Luiz Tornaghi
Concepção de capa: Marcia Alvarez
Projeto gráfico: Ian Guy
Fotos: Marta Azevedo

Uma realização Biscoito Fino 2016
Direção geral: Kati Almeida Braga
Direção artística : Olivia Hime
Direção executive: Jorge Lopes
Coordenação de produção: Diego Lara
Marketing: Marcela Maia

Data de Lançamento: 06/01/2017
Mídia: CD
Gravadora: Biscoito Fino

Letras

01 Ninguém Conhece Ninguém [part. Martinho da Vila]

Ninguém conhece ninguém
pois dentro de alguém, ninguém mora
Há quem acorda sorrindo e na mesma manhã,
também chora

Não há alguém tão ruim
que não tenha uma boa qualidade
Ninguém atravessa a idade somente em passo certo
Não há deserto sem água e nem coração sempre aberto

Há mariposa noturna de angelical semblante
Há corpo deselegante, que é tão perfeito na dança
Braço que enlaça o amado é o mesmo que embala a criança

Nunca se pode afirmar se alguém é assim ou assado
quem hoje está em um canto, amanhã pode estar do outro lado
E quem nunca foi do samba, ainda vai ser do samba rasgado

Participação Especial: Martinho da Vila

Autoria: Martinho da Vila
Editora: Irmãos Vitale

Arranjo e produção musical: Ivan Machado

Partitura

02 Tomara

Ela sai descalça, calça curta
Triangulo das Bermudas, minha praia
Ela nunca usa um tomara que caia
Ela é minha musa, Lusa ou Maia

Cheia de larica, vai para Urca
senta na mureta bebe todas
Ela faz de conta que não tem problemas
Ela tem problemas mas, não conta

Ela vai que vai
Ela sai que sai
Ela vem que vem eu vou que vou com ela
Ela vai que vai
Ela sai que sai
Ela vem que vem e eu vuco-vuco nela…

E aí, se ela não gosta de comer!?
Diz aí, fico de olho para entender
E daí, tenho vontade de mexer com ela

E aí, se ela só vai me enlouquecer!?
Diz aí, é mesmo sexo e prazer…
E daí, sou bem capaz é de colar/me casar com ela
Tomara!

Autoria: Mart'nália / Mombaça
Editora: Gege Edições

Arranjo e produção musical: Arthur Maia

Partitura

03 Eu Te Quero Agora

Sua luz é forte
Meu mundo parou sem querer
Só pra olhar em você
Só pra olhar em você

Seu sorriso encanta
E queima meu corpo porque
Quero cantar em você
Quero tocar em você

Se o universo sabe o que é conspirar
Ele o fará porque seu cheiro
invade cada canto meu
E a sua boca grita pela minha boca
que não te conhece
mas que nunca te esqueceu

Eu te quero agora
Toma minha vida
Eu te quero agora
Já não há saída
Eu te quero agora
Me enlouquece
até o dia amanhecer

Autoria: Zé Ricardo
Editora: Warner Chappell

Arranjo: Zé Ricardo e Mauricio Piassarollo
Produção Musical : Zé Ricardo

Partitura

04 Se Você Disser Adeus [part. Geraldo Azevedo]

Se você disser adeus
Volte pra dizer quem foi
Volte pra dizer porque
Volte pra dizer qual é
O nome de quem te levou
O luar que iluminou
O vento que te carregou
Pra tão longe sem dizer

Oi que saudade
Oi com vontade de te ver
Vou me deixando pelas noites vazias
Procurando o que não tenho pra perder

Será que é pra sempre
Procuro no quarto
Procuro no passar das nuvens
A chuva já vem

Será que é para sempre
Será que ela volta para mim
Na boca da noite
Na madrugada até raiar o dia

Vou dizer seu nome
Esquecer meus ais
Querendo que o tempo não passe jamais


Participação especial: Geraldo Azevedo

Autoria: Geraldo Azevedo / Capinan
Editora: Geração Editora / Direto

Arranjo e Produção musical: Arthur Maia

Partitura

05 Ouvi Dizer

Ouvi dizer que do nada você se casou
De uma hora pra outra "tá" feliz
Que sem mim sua vida melhorou
Ouvi dizer que você "tá" passando por aqui
De mãos dadas querendo se exibir
Eu não vi mas confio em quem falou

Se é pra me fazer ciúme pode abortar a missão
Meu coração não bate mais por você
Seu coração se aperta quando me vê
Essa paixão pode derreter

Sai pra lá assombração, sai pra lá!
Que eu só ando certo
Sai pra lá assombração, sai pra lá!
Volta pro deserto

Vou sorrindo à toa
Gosto de viver assim
Não acendo vela boa para defunto ruim
Eu sou planta muito boa pra ficar no seu xaxim

Autoria: Teresa Cristina / Mosquito
Editora: UNS E OUTROS ( Uns e outros Produções e Filmes Eireli)

Arranjo e Produção musical: Ivan Machado

Partitura

06 Libertar

Amanhã,
quando eu tiver forças pra me levantar
mesmo que você já não esteja em casa
vou te ligar, pra gente conversar

Aqui pra nós dois,
nosso romance era um lugar legal
sempre madrugadas livres demais
luar no mar, liberdade pra se amar e fazer....
bem querer
Tudo já deu certo, mas sem teu carinho
Posso até adoecer

Libertar,
Só penso no nosso desejo
Vem me dar
sua boca molhada de beijo
Prometo não me esqueço
de todos os tropeços
longe dos olhos deste mundo, é melhor!

Serenou,
Escrevi teu nome na minha vidraça
Mesmo que o futuro fique pra trás
a combinar, passado nunca mais

Meu amor tudo se acalma
quando a gente abraça
deixa todo o pesadelo pra lá

Vem viajar.... Visconde de Mauá
e assim te dou,
todo meu abrigo, vem sem compromisso
nada é precipício
basta eu encontrar você

Libertar,
Carinho e sorrisos de graça
Me beija
te espero no banco da praça,
Te arranco do trabalho,
mil planos no meu carro
longe dos olhos desse mundo é melhor

Niterói,
Te levo só pra passear
tanto faz...
Vila Isabel ou Irajá
te arranco do trabalho,
mil planos no meu carro
bem longe dos olhos do mundo é melhor

E a gente pega a estrada,
Sem pensar em mais nada
O nosso amor faz esse mundo melhor...

Friozinho com lareira...
banho de cachoeira...

Autoria: Mart'nália/ Ronaldo Barcellos / Arthur Maia / Zelia Duncan
Editora: Gege Edições / Warner Chappell / Direto / Ed. Duncan (Dc Consultoria)

Arranjo e produção musical : Arthur Maia

Partitura

07 Estrela

Há de surgir
Uma estrela no céu
Cada vez que você sorrir
Há de apagar
Uma estrela no céu
Cada vez que você chorar

O contrário também
bem que pode acontecer
de uma estrela brilhar
quando a lágrima cair
ou então
de uma estrela cadente se jogar
só pra ver
a flor do seu sorriso se abrir

Um Deus fará!
Absurdos contanto que a vida
seja assim
Sim um altar
onde a gente celebre
tudo o que Ele consentir

Autoria: Gilberto Gil
Editora: Gege Edições

Arranjo: Zé Ricardo
Produção Musical : Zé Ricardo

Partitura

08 Tempo de Estio

Quero comer, quero mamar, quero preguiça
Quero querer, quero sonhar
Felicidade
É o amor, é o calor
A cor da vida
É o verão
Meu coração é a cidade

Rio
Eu quero suas meninas
Eu quero suas meninas

O Rio está cheio de sol
Solanges e Leilas
Flávias e Patrícias
E Sônias e Malenas
Anas e Marinas
E Lúcias e Terezas
Glórias e Denises
E luz eterna Vera

Rio - Tempo de estio
Eu quero suas meninas
Eu quero suas meninas

Lulus e Marcinhas
Grazzi, Betes e Bias
Katias e Nãnas e Vanessas e Marias

Rio - Tempo de estio
Eu quero suas meninas
Eu quero suas meninas

Autoria: Caetano Veloso
Editora: UNS Produções (Warner)

Arranjo e Produção musical: Dadi

Partitura
Arranjo e Produção musical: Dadi

09 Melhor Pra Você

Se eu te falo baixinho
É para você me escutar
Joga teu jogo sozinha
Que assim alguém pode ganhar

Eu quero ver seu sorriso
La bem longe do meu
Eu prefiro ser narciso
Me apaixonar pelo eu

Eu só sei se for assim
Longe de mim
Incerto
Melhor para você
Eu vou me dar
E receber afeto/amor

Novos caminhos virão
Encontro outros se vão
Eu não vou me confundir
E vou deixar você ir

Caminhando pelo espaço
Prestando muita atenção
Posso escutar os seus passos
Vindo na contramão

Por isso eu sei
Que um dia você vem
E eu vou me importar comigo
Só comigo
Meu bem

Autoria: Tom Karabachian / Cris Sauma
Editora: Casulo (Sony/Atv)

Arranjo: Zé Ricardo e Mauricio Piassarollo
Produção musical: Zé Ricardo

Partitura

10 Linha do Equador

Luz das estrelas laço do infinito
gosto tanto dela assim
rosa amarela voz de todo grito
gosto tanto dela assim
esse imenso, desmedido amor
vai além de seja o que for
vai além de onde eu vou
do que sou, minha dor
minha linha do equador
esse imenso, desmedido amor
vai além de seja o que for
passa mais além do
céu de brasília
traço do arquiteto
gosto tanto dela assim
gosto de filha música de preto
gosto tanto dela assim
essa desmesura de paixão
é loucura do coração
minha foz do iguaçu
polo sul, meu azul
luz do sentimento nu
esse imenso, desmedido amor
vai além de seja o que for
vai além de onde eu vou
do que sou, minha dor,
minha linha do equador

mas é doce morrer nesse mar
de lembrar e nunca esquecer
se eu tivesse mais alma pra dar
eu daria, isso para mim é viver

Autoria: Caetano Veloso / Djavan
Editora: UNS Produções (Warner) / Luanda Edições

Arranjo e produção musical: Dadi

Partitura

11 Sem Dó

Se tiver que dizer adeus
que seja de uma vez só
Sem mais nem porque
não quero saber não preciso do seu dó
Lembro do gosto, do nosso prazer
mas o que passou passou...
no porta retrato marcas de um tempo
que ficou pra trás

Eu não nasci pra sofrer
nem morrer de desgosto
Boto sorriso no rosto
e saio por aí ...
e quem me conhece sabe e acredita
Que eu tô na boa
eu tô bem na fita
Eu já namoro outra mais bonita
e ninguém morre e ninguém vai morrer
por causa de um adeus

Autoria: Rodrigo Lampreia / Beto Landau / Maurício Pessoa
Editora: Gege Edições

Arranjo e produção musical : Zé Ricardo

Partitura

12 Vem Cá, Vem Cá...

Sou a preta mais loura do mundo
Sou senzala sou nobreza
Sou mucama sou rainha
Sou profana sou pureza
Quando o teu olhar me alcança
Manda embora a incerteza
Pra você eu me permito
Ser de fogão, cama e mesa

Eu entro e saio,
canto e danço no trabalho
venho e volto de viagem
e você só me deseja
Pra você eu me permito
Ser de fogão, cama e mesa

Vem cá vem cá
Faz de mim tua certeza
Pra você eu me permito
Ser de fogão, cama e mesa

Resistir aos teus encantos
É ir contra a correnteza
Fico toda arrepiada
Viro presa sem defesa
Não dá pra contrariar
A voz da mãe natureza
Pra você eu me permito
Ser de fogão, cama e mesa

Autoria: Martnália / Zé Katimba / André da Mata
Editora: Gege Edições / Universal Music / Direto

Arranjo e Produção musical: Arthur Maia

Partitura

13 Si Tu Pars [part. Lokua Kanza]

C'était hier quand Mboyo jouait sur les pirogues
de l'autre côté, Dimitri faisait du roller à Prague
tous les deux, ils ont été touchés par l'aventure…

Comme toi .... j'aurais un mot simplement à te dire

Si tu pars n'oublie pas
La terre où ton cœur a vu le jour
Zanzibar ou Maurepas
Faudra jamais que tu oublies l'amour

Tu verras la beauté des hommes et leur douleur
L'important c'est de pouvoir toujours garder ta chaleur
Bien des fois tu auras la visite du blues d'un soir…mais tu vois
La vie a ses beaux jours et ses déboires

Si tu pars n'oublie pas
La terre où ton cœur a vu le jour
Zanzibar ou Maurepas
Faudra jamais que tu oublies l'amour

Si tu pars n'oublie pas
La terre où ton cœur a vu le jour
Zanzibar ou Kinshasa
Faudra jamais que tu oublies l'amour

Soki oke eh kobosana te mboka oyo epayi motema na yo ebotama
Kinshasa ou Zanzibar, faudra jamais que tu oublies l'amour

Participação especial: Lokua Kanza

Autoria: Lokua Kanza
Editora: Universal Music

Arranjo e produção musical: Arthur Maia e Humberto Mirabelli

Partitura

14 Ela Disse-me Assim / Loucura

Ela disse-me assim:
Tenha pena de mim. Vá embora!
Vais me prejudicar
Ele pode chegar, está na hora..
E eu não tinha motivo nenhum
Para me recusar,
Mas, aos beijos, caí em seus braços
E pedi para ficar.
Sabe o que se passou?
Ele nos encontrou. E agora?
Ela sofre somente porque
Fui fazer o que eu quis
E o remorso está me torturando
Por ter feito a loucura que fiz:
Por um simples prazer
Fui fazer meu amor infeliz.
/
E aí .... Eu comecei a cometer loucura
Era um verdadeiro inferno
Uma tortura
O que eu sofria
Por aquele amor
Milhões de diabinhos martelando
O meu pobre coração que agonizando
Já não podia mais de tanta dor

E aí... Eu comecei a cantar verso triste
O mesmo verso que até hoje existe
Na boca triste de algum sofredor
Como é que existe alguém
Que ainda tem coragem de dizer
Que os meus versos não contêm mensagem
São palavras frias, sem nenhum valor

Ó, Deus! será que o Senhor não está vendo isto
Então, porque é que o Senhor mandou Cristo
Aqui na Terra para semear o Amor
E quando se tem alguém
Que ama de verdade
Serve de riso para a Humanidade
É um covarde, um fraco, um sonhador
Se é que hoje tudo está tão diferente
Por que é que não deixa eu mostrar a essa gente
Que ainda existe o verdadeiro Amor
Faça ela voltar de novo para o meu lado
Eu me sujeito a ser sacrificado
Salve o seu mundo com a minha dor.

Autoria: Lupicinio Rodrigues
Editora: Cap Music / Peermusic

Arranjo e produção musical : Claudio Jorge

Partitura