Libertar

Mart'nália / Arthur Maia / Zélia Duncan / Ronaldo Barcellos

Amanhã,
quando eu tiver forças pra me levantar
mesmo que você já não esteja em casa
vou te ligar, pra gente conversar

Aqui pra nós dois,
nosso romance era um lugar legal
sempre madrugadas livres demais
luar no mar, liberdade pra se amar e fazer....
bem querer
Tudo já deu certo, mas sem teu carinho
Posso até adoecer

Libertar,
Só penso no nosso desejo
Vem me dar
sua boca molhada de beijo
Prometo não me esqueço
de todos os tropeços
longe dos olhos deste mundo, é melhor!

Serenou,
Escrevi teu nome na minha vidraça
Mesmo que o futuro fique pra trás
a combinar, passado nunca mais

Meu amor tudo se acalma
quando a gente abraça
deixa todo o pesadelo pra lá

Vem viajar.... Visconde de Mauá
e assim te dou,
todo meu abrigo, vem sem compromisso
nada é precipício
basta eu encontrar você

Libertar,
Carinho e sorrisos de graça
Me beija
te espero no banco da praça,
Te arranco do trabalho,
mil planos no meu carro
longe dos olhos desse mundo é melhor

Niteroi,
Te levo só pra passear
tanto faz...
Vila Isabel ou Irajá
te arranco do trabalho,
mil planos no meu carro
bem longe dos olhos do mundo é melhor

E a gente pega a estrada,
Sem pensar em mais nada
O nosso amor faz esse mundo melhor...

Friozinho com lareira...
banho de cachoeira...

© -



ficha técnica
Mart'nália: voz
Arthur Maia: arranjo e produção musical
Theo Zagrae: bateria
Macaco Branco: percussão
Humberto Mirabelli: violão
Kiko Continentino: piano