Ninguém conhece ninguém

Martinho da Vila

Ninguém conhece ninguém
pois dentro de alguém, ninguém mora
Há quem acorda sorrindo e na mesma manhã,
também chora

Não há alguém tão ruim
que não tenha uma boa qualidade
Ninguem atravessa a idade somente em passo certo
Não há deserto sem água e nem coração sempre aberto

Há mariposa noturna de angelical semblante
Há corpo deselegante, que é tão perfeito na dança
Braço que enlaça o amado é o mesmo que embala a criança

Nunca se pode afirmar se alguém é assim ou assado
quem hoje está em um canto, amanhã pode estar do outro lado
E quem nunca foi do samba, ainda vai ser do samba rasgado

© -



ficha técnica
Mart'nália: voz e balde
Martinho da Vila: participação especial
Theo Zagrae: bateria
Analimar Ventapane: vocal
Maíra Freitas: piano
André Siqueira: percussão
Ivan Machado: baixo
Alfredo Doca Machado: violão
Alceu Maia: cavaquinho
Macaco Branco: percussão
Menino Brito: percussão
Raoni Ventapane: percussão
Dandara Ventapane: vocal
Ester Elias: vocal
Martinho Filho: vocal
Sabrina Korgut: vocal